Você sabe como se beneficiar com o uso ferramentas de redes socias?

LinkedIn – Facebook – Myspace – Orkut – Twitter
Por Sérgio Braga

Primeiramente gostaria de dizer que trabalho diretamente com redes sociais – e acompanho de perto todas as mudanças que estão ocorrendo. Sou gerente de projetos em uma empresa de inteligência de mercado em redes sociais (E.Life – em São Paulo).
É muito interessante (tentar) acompanhar tudo o que acontece em se tratando de Web 2.0. Digo isso pois todos nós, sem exceção, estamos sempre um passo atrás dos movimentos. Porém podemos observar que os movimentos na web seguem os mesmos preceitos de marketing no que tange o consumo de mídias:
1) O Orkut está alcançando o topo do seu ciclo de vida no Brasil, mesmo com a estratégia de se criar novos features para reverter esse cenário – A migração para a base da pirâmide afugentou os iniciantes. A sua natureza aberta o popularização, mas ao mesmo tempo o vulgarizou.
2) O Facebook veio amealhando os primeiros usuários do Orkut, porém, pela sua característica mais fechada, não agrada tanto o público brasileiro. Sua natureza excludente agrada mais classe AB. Vem crescendo em uma PA.
3) O Twitter está super na moda – um microblog de repercussão instantânea. O interessante de observar o Twitter no Brasil é que os iniciantes (entrantes) são as pessoas que mais usam o serviço (principalmente quem está fora do país) – as pessoas que estão entrando agora geralmente são seguidoras dos que possuem a maior popularidade (ex. fulando tem 15 seguidores, mas segue o Marcelo Taz, o Victor Fazano, que possuem mais de 500.000 seguidores). Ou seja, o comportamento do ‘Tuiteiro’ no Brasil está se tornando cada vez mais mídia de massa – curioso isso.
4) Já o Linkedin é excludente por natureza – devido ao idioma. Outro fato é a própria diferença no mercado de trabalho: Em países como o Canadá, você encontra oferta empregos e networking no setor de metalurgia, por exemplo. Podemos observar que cada serviço Web 2.0 segue a cultura de cada país, de cada região. Nesse mercado ganha quem souber aproveitar comercialmente o potencial do seu database, quem souber dar ordem ao caos de informação, quem souber ser simples e ocupar a mente do internauta (consumidor de mídia) – Voltando a falar de regras imutáveis do marketing: Em mercado segmentado, quem tem posicionamento definido é Rei.

Um comentário

  1. meninaaaa, a letra do teu blog é minúscula. Olha que nem cheguei nos 30 e nao consigo ler…rs