Marina Bay Sands: o alto luxo da hotelaria em Cingapura

Por Ricardo Ojeda Marins

Os apaixonados por viagens e turismo tem agora um novo destino para sua próxima aventura. Aventura de alto luxo, é claro. O Marina Bay Sands, em Cingapura. Como já esperado por hóspedes classe AAA, o luxuoso resort oferece quartos confortáveis, spa relaxante, concierge, atrações noturnas, restaurantes, arte moderna na decoração, bares e um cassino luxuoso. Mas o diferencial do Marina Bay Sands é realmente a sua piscina.

Localizada na cobertura do hotel, no 55º andar, esta é a maior piscina ao ar livre do mundo. Nada menos do que 150 metros de comprimento, dando a impressão de extravasar o horizonte. Seu conceito foi inspirado na construção de arrozais em terraços em Bali. As imagens da piscina, que tem três vezes as dimensões de uma piscina olímpica, chegam a impressionar.

O luxuoso e gigantesco hotel, que domina o horizonte de Cingapura, tem cerca de 2.500 quartos e suítes, restaurantes pilotados por renomados chefs como Guy Savoy e Mario Batali, teatros, um museu, um cassino e um pavilhão de cristal que abriga marcas de prestígio como Salvatore Ferragamo, Max Mara, restaurantes e ala de serviços. Ainda em 2010, marcas como Fendi, Chanel, La Perla e Emporio Armani também completarão o luxuoso e enorme espaço de compras do complexo hoteleiro. O Marina Bay Sands está representando crescimento para o turismo na cidade.

“Estamos comprometidos em oferecer o melhor de Cingapura – as melhores marcas e serviços extraordinários”, diz Thomas Arasi, CEO do Marina Bay Sands. O resort emprega 10 mil pessoas diretamente. Apenas o cassino do local é responsável por uma média de 25 mil visitas diárias, desde sua abertura há três meses.