New York inaugura o BMW Guggenheim Lab

 

O Laboratório móvel explora a vida urbana através de mais de 100 programas públicos gratuitos.

Berlim e Mumbai serão as próximas paragens de uma iniciativa global que a acontecer em nove cidades.

O BMW Guggenheim Lab lança a sua turnê mundial em East Village, Manhattan. Funcionando simultaneamente como think tank, fórum público e centro comunitário, o laboratório oferece programas gratuitos cujo objetivo será explorar os desafios das cidades de hoje dentro de uma estrutura móvel inovadora, concebida para abrigar uma experiência urbana. Durante os próximos seis anos, o laboratório irá visitar nove cidades em três ciclos sucessivos. A cada cidade será atribuído um tema e estrutura distinta, a fim de fomentar a conscientização sobre importantes desafios globais e produzir benefícios sustentáveis para cidades no mundo inteiro.

 

Em Nova Iorque, o laboratório ficará situado em First Park, Houston at 2nd Avenue, propriedade dos Parques da Cidade de Nova Iorque, e estará aberto ao público gratuitamente de Quarta-feira a Domingo, no período de 3 de Agosto a 16 de Outubro. Os visitantes poderão participar de mais de 100 programas relacionados ao tema Confronting Comfort (Confrontando o conforto), incluindo workshops, experiencias, discussões, exibição de filmes e tours ao ar livre. O laboratório terá também um café administrado pelo famoso restaurante do Brooklyn, Roberta’s.

 

Uma componente central do laboratório será o Urbanology (Urbanologia), um jogo de grupo que pode ter local quer no local, quer online. Os participantes assumem papéis em cenários criados para a transformação de uma cidade, lutando por ensino, habitação, assistência médica, sustentabilidade, infraestruturas e mobilidade, construindo uma cidade de acordo com as suas necessidades. O jogo Urbanology foi desenvolvido pela Local Projects e o design físico ficou a cargo da ZUS [Zones Urbaines Sensibles].

O website e o blog bmwguggenheimlab.org explicam as diversas formas de participação no laboratório. Além disso, os visitantes podem participar através das redes sociais como o Twitter (@BMWGuggLab, hashtag #BGLab), Facebook, YouTube, Flickr e Foursquare.

A estrutura do primeiro ciclo do BMW Guggenheim Lab, desenvolvida pela Atelier Bow-Wow, é a de uma “caixa de ferramentas itinerante” leve e compacta de dois andares. O primeiro andar da estrutura com cerca de 200 m2, é um espaço aberto que pode ser configurado para atender às necessidades de programas específicos. O segundo andar da “caixa de ferramentas” està embrulhado com duas camadas de rede semitransparente, criando um brilhante efeito que permite que os visitantes vejam as “ferramentas” utilizadas para os programas. Este é o primeiro prédio construído com uma estrutura composta por fibra de carbono. Para ver uma animação arquitetônica acesse: youtube.com/bmwguggenheimlab.

A identidade gráfica do BMW Guggenheim Lab foi desenvolvida por Sulki & Min, designers gráficos sediados em Seoul.

A organização do BMW Guggenheim Lab esta a cargo de David van der Leer, curador assistente de Arquitetura e Estudos Urbanos, e de Maria Nicanor, curadora assistente de Arquitetura, ambos do Museu Solomon R. Guggenheim. Para acessar a lista completa da equipe e dos membros do comitê consultor do laboratório, consulte bmwguggenheimlab.org/what-is-the-lab/people. Para vídeos com entrevistas com a equipe do laboratório de Nova York, consulte: youtube.com/bmwguggenheimlab.

Na Primavera de 2012, o BMW Guggenheim Lab será apresentado em Berlim em colaboração com o ANCB Metropolitan Laboratory, em Pfefferberg. Em finais de 2012, inícios de 2013, o laboratório seguirá para Mumbai.  A apresentação em Bombaim será organizada em colaboração com o museu Dr. Bhau Daji Lad. O primeiro ciclo culmina com uma exposição dos resultados e conclusões do laboratório, que terá lugar no Museu Guggenheim, de Nova Iorque, em 2013.

Para informações atualizadas sobre a programação, consulte  bmwguggenheimlab.org.