Marcas de luxo invadem o mercado brasileiro

Em 2011, o mercado de luxo cresceu 20% no Brasil, segundo a Bain & Company. Tudo leva a crer que em 2012 terá um desempenho ainda melhor. O crescimento econômico do brasileiro naturalmente ajuda a explicar esse fenômeno, mas não é só ele. De olho nas taxas de lucro que não conseguem obter nos países ricos, as marcas européias e americanas de luxo também estão procurando se instalar , muitas vezes abandonando seus distribuidores locais e passando a operar diretamente no Brasil, sem intermediários. Diante do crescimento do mercado brasileiro, companhias estrangeiras não têm hesitado em romper contratos e operar no Brasil sem seus representantes locais, que iniciaram os negócios no País e conquistaram consumidores.
A britânica Burberry, que passou a operar no Brasil por meio de representantes locais em 2004, fechou seus negócios em 2008. Dois anos depois, reabriu sem a participação dos antigos representantes brasileiros. O mesmo ocorreu com a Chanel. A Giorgio Armani também anunciou o fim de seus contratos com o representante brasileiro com quem estava desde 1997. Em 2012, a matriz italiana comandará as operações, que incluem as lojas do Empório Armani.

Muitas das marcas que estão desembarcando em 2012 estão chegando aqui pela primeira vez: Topshop, Balenciaga, Yves Saint Laurent, Issa London, Tod’s, Lanvin e Balmain. Outras porém estão expandindo presença nacional, como o caso da Gucci, Louis Vuitton, Dior, Burberry e Salvatore Ferragamo .
Além disso, em abril São Paulo terá mais um reduto de luxo: o novo Shopping JK Iguatemi, que irá disputar público com o  Shopping Cidade Jardim do outro lado do rio. Entre as mais de 170 novas lojas que vão compor o mix do JK, estão às primeiras unidades no Brasil das grifes internacionais Lanvin, Goyard, Miu Miu, Dolce & Gabanna e a primeira Gucci masculina do mundo. Além dessas, também haverá  Topshop, Lacoste, Christian Louboutin e Bottega Veneta, entre outras. Claro a nacional Daslu é outra que se instalará no local. E por fim, a masculina Tod’s, de sapatos sob medida, traz o genuíno design italiano também para acessórios como cintos, carteiras, braceletes e jóias.