Potentes, eficientes e deslumbrantemente abertos: são os novos Porsche 911 Turbo Cabriolet

P13_0708_a4_rgb

911 Turbo Cabriolet e 911 Turbo S Cabriolet

Stuttgart. A dinâmica dos novos Porsche 911 Turbo1) multiplicada pelo prazer de dirigir oferecido por um carro esportivo conversível. Esta é a fórmula por trás das duas novas versões de classe superior do 911 Cabriolet. Pouco mais de 50 anos depois do lançamento do 911 e para coincidir com o 40º aniversário do 911 Turbo, as versões conversíveis do 911 Turbo e do 911 Turbo S estão sendo lançadas em todo o mundo. Eles serão revelados pela primeira vez no Salão do Automóvel de Los Angeles, no dia 20 de novembro. Ao acrescentar duas versões, a Porsche dobra para quatro o número de opções de primeira categoria em sua linha de produtos.

O 911 Turbo Cabriolet e o 911 Turbo S Cabriolet2) proporcionam a mesma mistura de dinamismo, desempenho e eficiência oferecidos pelo modelo cupê revelado há alguns meses. Expresso em números, o motor com turbocompressor de seis cilindros e 3,8 litros oferece uma potência de 520 cv (383 kW) na versão conversível do 911 Turbo e 560 cv (412 kW) na versão Turbo S. Os carros aceleram de 0 a 100 km/h em 3,5 e 3,2 segundos, respectivamente, alcançando uma velocidade máxima de até 318 km/h. Tudo isso oferecendo um consumo de combustível que fica abaixo do limite de dez litros: ambos os modelos Cabriolet de primeira categoria atendem ao Novo Ciclo de Direção Europeu (NCDE), ostentando valores de 10,1 km/l e emissões de 231 g/km de CO2. Quando comparados aos respectivos modelos antecessores, os novos 911 Turbo Cabriolet e 911 Turbo S Cabriolet oferecem 30 cv a mais de potência e são 0,2 segundos mais rápidos em termos de aceleração padrão, além de 15% mais eficientes.

Esterçamento ativo no eixo traseiro e aerodinâmica ativa para uma dirigibilidade ainda melhor
A dinâmica de direção oferecida pelos 911 Turbo Cabriolet e 911 Turbo S Cabriolet vai além do que pode ser expresso em números. Contando com a transmissão de dupla embreagem PDK de fábrica e a nova tração nas quatro rodas PTM, bem como esterçamento ativo no eixo traseiro e aerodinâmica ativa, os 911 Turbo conversíveis determinam a referência tecnológica da Porsche no segmento de supercarros esportivos com capota aberta. Embora o esterçamento ativo no eixo traseiro exerça um enorme impacto positivo nas manobras, tanto em pistas de corridas quanto no uso cotidiano, a aerodinâmica ativa pode ser ajustada de modo a oferecer eficiência ou dirigibilidade ideais. Basta apertar uma tecla no painel.

Mais do que nunca, as duas versões também fazem uma clara declaração visual sobre seu desempenho. As asas, características da nova geração do 911 Turbo, são 28 mm mais largas que as dos modelos 911 Carrera 4. O efeito desta largura é ainda mais acentuado quando a capota está aberta.

Outra característica de destaque dos 911 Turbo Cabriolet é o exclusivo teto com estrutura de magnésio de baixo peso. Esta tecnologia inovadora permite que a capota, quando fechada, tenha uma curvatura similar à do cupê. Esta curvatura, vantajosa em termos de aerodinâmica, não pode ser aplicada quando são usadas técnicas de construção tradicionais. Assim como nos modelos anteriores, a capota abre e fecha em aproximadamente 13 segundos com o veículo em movimento (a até 50 km/h), ao toque de uma tecla no painel.

Interior com alto nível de acabamento
O interior dos novos 911 Turbo Cabriolet acompanha a mesma linha das versões cupê. A versão S ostenta uma gama particularmente ampla de acabamentos, com características que incluem um interior exclusivo em preto/vermelho Carrera e assentos adaptáveis com a função Sport Seat Plus, com 18 posições de ajuste e memória. Além disso, os encostos dos bancos são revestidos em couro com costura dupla e o visual de diversos elementos tem acabamento em carbono. Como antes, o sistema de som Bose vem de fábrica e, pela primeira vez, um sistema Burmester é oferecido como opcional. Também opcionais são o sistema de piloto automático adaptável controlado por radar, a câmera de marcha ré e o sistema de reconhecimento de sinalização de trânsito e de radares de velocidade.

P13_0709_a4_rgb

P13_0707_a4_rgbP13_0710_a4_rgb

P13_0712_a4_rgb

1) 911 Turbo e 911 Turbo S: consumo de combustível na cidade: 7,5 km/l; consumo de combustível na estrada: 12,9 km/l; consumo de combustível combinado: 10,3 km/l; emissões de CO2: 227 g/km.

2) 911 Turbo Cabriolet e 911 Turbo S Cabriolet: consumo de combustível na cidade: 7,4 km/l; consumo de combustível na estrada: 12,8 km/l; consumo de combustível combinado: 10,1 km/l; emissões de CO2: 231 g/km.

Os novos Porsche 911 Turbo Cabriolet e 911 Turbo S Cabriolet têm chegada prevista para o mercado brasileiro em março de 2014. Mais informações podem ser obtidas diretamente na Stuttgart Sportcar

www.porsche.com.br