O Kash$, os “karas,” e a gloria dos Ks ainda não chegaram lá

amigos1

Gentileza gera gentileza. Pode acreditar; nem sempre. Aí, como seria bom se gentileza gerasse gentileza, tanto quanto é seguro que:  riqueza gera riqueza, e com esta muitas outras coisas.

Depois do imbatível casamento real do Príncipe William e Kate; só deu os “Ks”.

Coloque-se no lugar de Kanye West, por um momento. Dos guetos para o mundo. Bom, oscaras”, aqui entra Jay-Z, agitam o estilo happer; musicas com letras infames que badala, até o mais tosco dos conservadores.

O abuso sem precedente de Jay-Z, criou Kanye West, logo, tornaram-se sócios, logo, com oportunidades e  estilo, eis que… Não ainda não fizeram seu primeiro bilhão, mas entraram faz tempo  na lista Forbes, onde, separadamente, são os mais influentes empresários do show  biz.

Como Jay-Z, Kanye West aguardou o momento certo  e a mulher certa para se casar. Inteligentemente, juntou útil e agradável. Estando ótimo  para todas as partes, o que compreende, suas respectivas esposas: Beyoncé e Kim Kardashian, multimilionárias; então, não é preciso eu dizer que tudo se triplicou.

Status,  popularidade, noticias, badalação, e…  “Kash”, mais  muiiiito cash$$. Lana Del Rey cobrou 6.5 milhões para cantar no evento, então, façam seus cálculos.

Conclusão; nunca se falou tanto em Cashs. O casamento dos Ks carimbou o poder da dinastia a” La americana”, dos Kardashians.

Detalhe: ainda uma fina linha separa  Jay e West: a corrida para o primeiro bilhão individual; feito conquistado por D. Dre  mês passado, 3,5 Bi$, fruto do lançamento dos fones de ouvido da Beats, promovidos por ele, em segundo lugar ficou Diddy.  UAU!!!

 

Beijo 😉

Por:. @ellen__paula

Coluna Mimos, Modismos e Milionários