Com impacto da crise consumidoras de luxo diminuem viagens e adotam marcas nacionais

Centro-de-compras-de-luxo-reúne-marcas-famosas

Por Luz Vaalor

Daniela Daud Malouf, sócia-diretora do Instituto Qualibest  acaba de divulgar o resultado de uma pesquisa que investigou se havia ou não crise para as compradoras de luxo e saber se as consumidoras da classe A estavam cortando custos e substituindo marcas etc.

A Qualibest organizou a pesquisa com sua rede La Clé, que reúne mulheres com renda familiar acima de R$ 30 mil. A proposta era medir  o impacto da crise  e se elas tinham mudado hábitos de consumo. Das 227 participantes, 34% cortaram custos. Mas 22% mantiveram o orçamento e 44% passaram a gastar mais.

O maior impacto da crise afetou na diminuição das viagens internacionais e o corte nas compras feitas no exterior. Por outro lado, parte das consumidoras fiéis às grifes americanas e europeias transferiram as mesmas compras para o Brasil. Só nas categorias de roupas, calçados e artigos esportivos elas substituíram as etiquetas internacionais por produtos brasileiros. Veja mais sobre a pesquisa:

pesquisa_la_cle pesquisa_la_cle_1

 

Notícia adaptada www.valor.com.br