Emilie Coppermann, perfumista francesa mostra como usar corretamente perfumes no dia a dia

Emilie Coppermann

A perfumista francesa Emilie Coppermann, que cria fragrâncias para diversas marcas como Carolina Herrera, Balmain, Comme des Garçons e Paco Rabanne, esteve no Brasil recentemente, para trabalhar com clientes locais em projetos especiais da área de perfumes. Com mais de 20 anos de experiência e um nariz privilegiado, Emilie que atua como máster perfumista na sede da Symrise – casa de fragrâncias finas – em Paris, revelou algumas dicas preciosas para as brasileiras sobre o mundo dos perfumes e como usá-los em seu dia-a-dia.

O local de aplicação e a fixação é uma das dúvidas mais frequentes das pessoas em geral. Quais são suas recomendações?

– Recomendamos a aplicação de perfume nas partes corpo que mais pulsam e esquentam, como: nos pulsos (sem esfregar os pulsos), pescoço, colo, e também atrás dos joelhos. E reaplicar o perfume ao longo do dia, que é a melhor maneira de se sentir sempre perfumado.

*Outra dica que costumo dar é espirrar um pouquinho de perfume na roupa, tomando cuidado com o tecido, para não manchar.

Sobre o poder de fixação, e até economia, seria melhor investir em um EDP (Eau de Parfum) ou em um EDT (Eau de Toilette)?

– Atualmente muitas marcas incluem notas diferentes nos EDTs e EDPs do mesmo perfume, e assim temos diferenças olfativas significantes. De qualquer forma os EDPs são mais intensos, mas aqui cabe a preferência do consumidor.

Quanto à aplicação e intervalo de um e de outro não há regras. Mas se o perfume for mais intenso, recomenda-se moderação no uso durante o dia.

Quais os maiores erros cometidos na hora de aplicar o perfume?

– Além de esfregar o perfume nos pulsos, outro erro que pode acontecer é aplicar um hidratante com uma fragrância intensa e, em seguida, aplicar um perfume “por cima”. A combinação dos dois pode não ficar boa.

A sugestão é usar um creme da mesma fragrância para potencializar o perfume.

É possível dar perfume de presente?

– Pergunta interessante, pois realmente é muito complicado e delicado de escolher um perfume para outra pessoa. Não dá pra escolher um perfume baseado no estilo da pessoa, roupas, etc… A menos que eu já conheça o tipo de perfume que ela gosta. Aí fica (um pouco) mais fácil de acertar. Eu mesma tenho muita dificuldade em presentear as pessoas, porque nunca sei se ela vai gostar ou não.

Quais notas são “coringa” para o verão do Brasil?

Como perfumista e mulher francesa, para mim, as mulheres brasileiras são muito femininas, têm um lado sofisticado e, primeiramente, elas pedem um perfume extremamente feminino, mas com muito frescor. Flores frescas, frutas suculentas, madeiras mais leves são notas bem interessantes para o verão.

É importante que o perfume para o verão da brasileira seja como ela, bem feminino.