Singularidades que você não sabia sobre Prada

MiucciaPrada

O que você não sabia sobre a Prada?

A maior parte dos designers de moda de luxo famosos estiveram sempre a frente da indústria, desenvolvendo qualquer coisa desde seu principio seja relacionado à forma, à matéria prima e ao acabamento.

Miuccia Prada, no entanto, tem um fundo mais eclético. Antes de assumir sua casa de luxo de propriedade familiar desde 1978,  Miuccia, que também é Ph.D. em ciências políticas, passou cinco anos inspirando-se em outros designers.Mas sem dúvida alguma, Prada deve seu sucesso atual a Miuccia Prada, neta do fundador Mario Prada.

miucciaprada-01

A marca de luxo italiana fez sua estreia em 1913 com a fabricação de casacos de couro Premium, que permaneceram icônicos até os dias de hoje, mas foi Miuccia que lançou o ready-to-wear no inicio dos anos 90. Hoje, Prada se especializou em uma variedade de produtos, incluindo acessórios, sapatos e perfumes.

 

Uma elegância discreta

Você seria duramente desafiado a encontrar logotipos em um casaco da Prada, é porque a marca é sabidamente a expressão de uma elegância sutil, facilmente identificada por seu corte e qualidade.

Minucia – “Eu amo a moda”, disse ela, “A moda se comunica instantaneamente”

Sobre a Prada

Prada é uma marca italiana de moda, considerada um símbolo de luxo e status. No início de sua história, a grife era especializada em malas de viagem, bolsas e artigos de couro. Porém, tudo mudou quando a direção de arte da marca passou para as mãos da neta de seu dono, Miuccia Prada, que assumiu os negócios da família em 1978, transformando a Prada numa lançadora de tendências e produtora de “conceitos”.[1] A estilista, em sua juventude, participou de movimentos estudantis e quis trazer para suas coleções uma mulher inteligente, bem informada, ousada e inovadora, bem diferente do estilo feminino e sensual pregado pelo seu conterrâneo Gianni Versace.

Logo em seu primeiro desfile de prêt-à-porter, Miuccia causou impacto e ganhou importância. A editora da Vogue americana, Anna Wintour, chegou a declarar que “Prada é o único motivo para alguém assistir à temporada de moda em Milão”.[2] Essa grife italiana de luxo também possui outras marcas, como a Miu Miu, voltada para um público mais jovem. A grife foi mencionada em obras como o livro O Diabo Veste Prada, tanto no próprio título quanto nas roupas que os personagens usaram em sua adaptação para o cinema. Também comercializa perfumes em colaboração com a companhia espanhola.