No MET em New York, exposição inperdível Art of the In-Between.

1

Por Luz Vaalor

A exposição da primavera de 2017 do Costume Institute examina o trabalho do designer de moda Rei Kawakubo, conhecido por seus projetos de vanguarda e capacidade de desafiar noções convencionais de beleza, bom gosto e moda. O show temático apresenta aproximadamente 140 exemplos de roupas femininas de Kawakubo para Comme des Garçons que datam do início da década de 1980 para sua coleção mais recente, muitas com cabeças e perucas criadas e desenhadas por Julien d’Ys.

As galerias ilustram os experimentos revolucionários do designer em “in-betweenness” – o espaço entre fronteiras. Os objetos são organizados em nove expressões estéticas de intersticialidade no trabalho de Kawakubo: Ausência / Presença, Design / Não Design, Moda / Anti-Moda, Modelo / Múltiplo, Então / Agora, Alto / Baixo, Próprio / Outro, Objeto / Assunto e Roupas / Não roupas. Kawakubo quebra os muros imaginários entre esses dualismos, expondo sua artificialidade e arbitrariedade.

4

A exposição vai até 4 de setembro de 2017
At The Met Fifth Avenue

Andrew Bolton, Curator in Charge of The Metropolitan Museum of Art’s Costume Institute, discusses the exhibition

Rei Kawakubo/Comme des Garçons: Art of the In-Between.