Experiências Omni-Channel são mais importantes do que nunca

Com os consumidores super exigentes que sabem o que querem exatamente, as marcas de luxo precisam trabalhar mais do que nunca para enfatizar conceitos voltadas para a experiência O Omni-channel, é a estratégia de criar experiências ininterruptas através de múltiplos recursos, é certamente o futuro do varejo e, para várias marcas de luxo, já é o presente.

Líderes da indústria reuniram-se no Ritz Carlton de Genebra no início de outubro para discutir o ecossistema em rápida evolução que é o varejo de luxo, tanto no mundo físico quanto no mundo digital. O e-Luxury Summit anual da NetComm Suisse contou com insights profundos de alguns dos principais nomes do luxo, incluindo Breitling, Lanvin e BAUME.

“Um dos principais componentes para ter sucesso nesta mudança que muitos de nós são obrigados a tomar é não perder o luxo e exclusividade, que é o fator chave para marcas de luxo. Este é um grande desafio que podemos ter hoje com a digitalização das marcas de luxo. A personalização é a chave ”, disse a diretora geral da Lanvin Paris, Simone Mantura.

A Tiffany & Co., a Cartier, a Gucci e a Audemars Piguet são apenas algumas das marcas de luxo que estão abrindo caminho e liderando a indústria em experiências de varejo verdadeiramente omni-channel.

Entre na loja-conceito da Tiffany and Co., recentemente inaugurada no Covent Garden, em Londres, e você será recebido com máquinas de vendas cheias de fragrâncias da Tiffany Blue, letreiros de neon e telas planas, onde os clientes podem criar seus próprios designs de joias. Desde que se juntou à Tiffany & Co. em 2017, o diretor artístico Reed Krakoff tem apresentado a imagem da empresa de joias de 181 anos para um público mais jovem, mais experiente em mídia social.

Isso envolveu a abertura do agora famoso Blue Box Café no Instagram na loja principal da Fifth Avenue em Nova York e o lançamento da nova coleção de jóias finas Paper Flowers, reforçada por uma festa estrelada em Londres e uma campanha liderada por Elle Fanning.

blue-box

blue-box-cafe-co

A Gucci estreou sua campanha “Alucinação Gucci” com o artista espanhol Ignasi Monreal como plataforma de lançamento para vitrines interativas e ilustrações digitais. Com a realidade virtual, os visitantes em lojas selecionadas da Gucci conseguiram entrar na visão da Monreal sobre a Gucci, entrando em um mundo onírico de criaturas fictícias e luzes encantadoras.Os mundos da arte, do jantar, da música, da tecnologia e até mesmo do ativismo social e ambiental, todos parecem estar se fundindo em experiências imersivas.

Matéria de Luz Vaalor @valorluxurylab @luxurylab