Salvatore Ferragamo lança #FerragamoSS20

SalvatoreFerragamo_1

Família – a cola que nos une – e as tradições artesanais da casa formam as bases de uma coleção Salvatore Ferragamo que é leve, brilhante e feita para uma vida alegre nos anos 2020.

Paul Andrew explica: “Tudo começou com uma foto na lareira da minha mãe, minha e do meu irmão nas férias de verão na Itália, quando erámos crianças no anos 1980. Estávamos vestindo bermudas com estampas impactantes e sorrindo. Eu queria trazer esse sentimento de diversão e inocência banhada pelo sol para um contexto moderno através de uma coleção que é fisicamente leve, conhecidamente burguesa, mas que também tem uma profundidade tangível, uma substância e um cuidado em sua construção”.

Salvatore_ferragamo_2 Salvatore-Ferregamo_3 Salvatore_Ferragamo_4

O ícone da marca, o sapato Vara, criado em 1979 por Fiamma Ferragamo, filha do fundador Salvatore, é carinhosamente reinventado como o Viva: monocromático em um sofisticado espectro de tons, o famoso laço de gorgurão é ampliado e feito em couro – assim como o acessório do sapato original – em um scarpin que é ou ajustado na parte de trás ou com a parte superior solidamente trabalhada.

Novas estampas apresentando a Fonte de Netuno de Ammannati, do século 16, em Florença – recentemente restaurada graças ao investimento da família Ferragamo – contrastam com as estampas de tulipas enormes das jardineiras curtas frente-única, gorros, vestidos longos de seda, camisa masculina e swimwear.

Saias balonê, calças com tornozelo apertado, coletes de alfaiataria e macacões pantalona são um afetuoso resgate do estilo italiano dos anos 80, na maioria das vezes em couro e em uma paleta de cor que remete à tradicional fabricação de Murano. As joias em resina transparente e impressas em 3D são repintadas com um mix de cores. Os trenches e macacões são cortados nas costas para deixar a pele respirar: as camisas e calças de couro na frente aparecem com algodão nas costas para criar um contraste marcante.

As criações artesanais incluem um vestido de tricô Raschel e um top listrado com franjas de fita de crepe de chine, além de um vestido tanque de crochê feito à mão nas montanhas acima de Florença. Uma saia leve franjada de seda vem com uma faixa corrida. A alfaiataria masculina vem com costuras levemente divididas.

A nova bolsa expansível de três bolsos Ferragamo vem em lona de linho forrada com couro, tecida à mão com malha de couro, pele de avestruz e bezerro e é apresentada em um novo tamanho para o ombro.

Paul Andrew diz: “Precioso mas nunca pesado, essas são roupas, sapatos e bolsas para serem adoradas por muito mais do que uma temporada, são para muitos outros verões que virão. Eles são feitos para dias longos de sol, sal, areia e mar. Desejo que, aqueles que os tiverem, possam passar os próximos anos sendo um pouco como a foto na lareira da minha mãe: uma lembrança bem vestida de momentos felizes”.

#FerragamoSS20